Companhia dos Solilóquios inicia temporada de CAFÉ no Programa Biblioteca Viva

A Companhia dos Solilóquios inicia temporada de circulação do espetáculo CAFÉ pelo Programa Biblioteca Viva. Serão dez apresentações gratuitas em diferentes bibliotecas públicas de São Paulo, buscando valorizar o protagonismo do jovem em cena e na vida.

Companhia do Solilóquios leva Teatro Jovem à Bibliotecas Municipais de São Paulo 

De 06 a 28 de setembro de 2019, a Companhia dos Solilóquios realiza uma temporada especial do espetáculo de teatro jovem “CAFÉ” , com entrada gratuita, em diversas bibliotecas municipais de São Paulo.

Através do Programa Biblioteca Viva, da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo e Prefeitura de São Paulo, o grupo se apresenta em dez bibliotecas de diferentes pontos da cidade e convida a população para conhecer o projeto que marca a estreia da Companhia.

Criada a partir de um poema escrito pelo dramaturgo Herácliton Caleb, “CAFÉ” é uma peça jovem que aborda as expectativas e rituais de passagem dos romances juvenis para a fase adulta, com verdade e empatia, convidando o público de todas as idades para um momento de aproximação com o universo juvenil.

A montagem, que tem direção e dramaturgia de Bruna Vilaça, e atuação de Felipe Herculano e Weslley Nascimento, busca dialogar com o público jovem de forma sincera.

A montagem estreou no Centro Cultural São Paulo em janeiro de 2019, onde realizou uma temporada de grande sucesso de público e repercussão e, a convite da SP Escola de Teatro, realizou uma segunda temporada nos meses de abril e maio de 2019. Em agosto de 2019, a Companhia dos Solilóquios arrebatou o público em uma temporada de muito sucesso no SESC 24 de Maio.

Através de uma conexão verdadeira com suas verdades e inverdades, fugindo de estereótipos e formas caricatas de se retratar a juventude, o espetáculo valoriza o jovem como protagonista de sua própria história, já que uma fatia expressiva deste público, por muito tempo, se viu pouco representada em espetáculos teatrais.

A obra adentra a vida de dois garotos que vivenciam uma trajetória romântica permeada somente por assuntos sobre café. Conflitos, inseguranças, paixões, fantasias, um misto de sensações que permeiam o período da juventude, retratadas com sensibilidade, cuidado e empatia.

“Como é se perceber e perceber o outro, em meio a este grande período de transição que a juventude representa a cada um de nós?” é uma das reflexões propostas por esta montagem cuja encenação transpassa o convencional teatro realista, misturando linguagens como artes plásticas, dança-teatro e musicalidades, facilitando a aproximação e a conexão entre a obra e o público jovem.

CAFÉ é um convite para jovens e adultos refletirem sobre a passagem do tempo e sobre como cada um de nós lida com as mudanças inerentes a ela. A montagem marca a estreia da Companhia dos Solilóquios, que busca através do Teatro Jovem, se aproximar de temas e reflexões muito importantes e necessárias.

Idealizada em 2018, a Companhia dos Solilóquios tem como proposta a montagem de obras inéditas, afim de contribuir com a propagação de dramaturgias exclusivamente brasileiras e de novos formatos cênicos que possuam um grande poder de comunicação com o público, partindo sempre das temáticas sociais referentes ao nosso tempo.

Se programe e vá conhecer este trabalho. Mais informações em : www.facebook.com/ciadossoliloquios

 

FICHA TÉCNICA

Direção e Dramaturgia: Bruna Vilaça | Poema: Café, de Herácliton Caleb | Elenco: Felipe Herculano e Weslley Nascimento | Cenário e figurino: Weslley Nascimento | Execução de figurino: Luciana Albuquerque | Execução de cenário: Ivanildo Alceu | Iluminação: Andreza Dias | Pesquisa sonora: Bruna Vilaça | Fotografia: Vinicius Santos | Assessoria de imprensa: Luciana Gandelini | Direção de produção: Weslley Nascimento | Assistência de Produção: Jean Salustiano e Belchior Emidio

 

Companhia dos Solilóquios no Programa Biblioteca Viva

Espetáculo CAFÉ

SINOPSE: Dois jovens se conhecem em uma cafeteria da avenida central e vivenciam uma trajetória amorosa, na qual suas fases são comparadas às de um café sendo feito. O espetáculo adentra cenas das personagens em diferentes momentos do amor e através de analogias sobre café conseguem expressar sentimentos e retratar um romance projetado para o futuro, mas perdido no tempo. Duração: 60 minutos.

Drama, teatro jovem, narratividade.

Classificação: 14 anos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.